risoto-abobrinha
Legumes & Verduras, Risotos

Divino: Risoto de Abobrinha com Parmesão e Mascarpone

O que tem sempre na minha geladeira? Abobrinhas. Em vários outros post eu já expliquei o motivo: são ótimas para quebrar um galho! Versáteis, combinam com muitos outros ingredientes, são baratas e fáceis de encontrar. Esse risoto surgiu meio que por acaso… Eu me planejei para fazer um risoto de aspargos e no dia da compra não encontrei nenhum maço no supermercado. Voltei para a casa pensando o que faria, já que o meu plano A tinha ido por água à baixo. De primeira pensei em fazer um risoto com tomate e manjericão, mas a minha mãe não gostou muito da ideia já que não é fã de tomates. Vi umas abobrinhas na geladeira e achei bacana fazer um experimento.

Nunca tinha comido risoto de abobrinha e muito menos preparado um! Foi uma produção meio que no escuro, e o pior, sem saber como seria o resultado final. As únicas coisas responsáveis pelo sabor do risoto eram o parmesão e o caldo de legumes, afinal, o mascarpone tem um sabor muito suave (quase que imperceptível à certas pessoas). Então, o medo era adicionar a abobrinha e criar um risoto insosso. Mas, como eu estava naquela clássica situação de “quem não tem cão, caça com gato”, não tive muita escolha.

Ainda bem que não tive, porque ficou uma delícia! O segredo é refogar a abobrinha bem rápido para ela manter a crocância e o sabor. Além disso, colocá-la apenas no final do cozimento do arroz. Isso fará com que ela não amoleça e vire uma papa. Para a abobrinha ser a estrela principal do risoto, dei uma segurada na hora de adicionar o parmesão, que é muito forte e costuma mascarar sabores mais suaves.

Para servir, fiz uma cestinha de parmesão. Mostrei como se faz aqui! A apresentação não só ficou MARAVILHOSA, como muito apetitosa. Eu recomendo esse tipo de firula detalhe quando se quer impressionar. Apesar da facilidade, ainda é o tipo de coisa que deixa as pessoas que não cozinham maravilhadas. Para ficar ainda mais bonito, coloquei na frigideira algumas rodelas de abobrinha fatiadas bem fininhas e coloquei em cima do risoto na hora da finalização. Receita aprovada!

Vamos lá?
Para duas pessoas:

  • 1 xícara de chá de arroz arbóreo
  • 1 abobrinha média
  • 1/2 cebola pequena picada
  • 3/4 de xícara de chá de parmesão ralado
  • 1 colher de sopa cheia de queijo mascarpone (se não tiver, pode substituir pelo cream cheese)
  • 1 colher de sobremesa de manteiga
  • 1,5L de caldo de legumes (se for usar o pronto, são dois cubinhos)
  • 1/2 taça de vinho branco
  • Azeite
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto

Lave bem a abobrinha e rale em um ralador grosso. Em uma frigideira, derreta a manteiga e refogue a abobrinha rapidamente. Transfira para um recipiente e reserve.

Ferva o caldo de legumes e quando ele levantar fervura, abaixe o fogo.

Em uma panela, adicione um fio de azeite e refogue a cebola picada. Mexa bem para a cebola não queimar. Quando ela estiver transparente, adicione o arroz. Frite um pouco e adicione o vinho branco. Espere o vinho evaporar (sempre mexendo) e adicione 2/3 conchas de caldo de legumes. Eu não fico mexendo o arroz porque ele solta muito amido e deixa o risoto empapado. Espere a água começar a secar, adicione mais caldo e mexa rapidamente. Esse processo demora em média 15 minutos.

Quando o arroz estiver al dente, adicione a abobrinha reservada e misture.

Adicione o queijo parmesão e misture novamente. Coloque o queijo mascarpone e misture até que ele derreta por completo. Acerte o sal e a pimenta. Se houver necessidade, coloque mais uma concha do caldo de legumes no arroz. Sirva imediatamente.

Dica: esse risoto é um ótimo prato principal, no entanto, também vai muito bem acompanhado de carnes (vermelha e branca) e peixes.

Bon Appétit!
Bisous,

Write a comment