pizza-abobrinha
Pizzas

Glúten Free: Pizza de Abobrinha

Pensando no meu pai, certa vez comprei uma farinha sem glúten para fazer um pão caseiro, um bolo ou algo assim. Pesquisei por diversos sites, blogs e fóruns. O negócio é que eu nunca encontrei nenhuma receita que me chamasse a atenção de verdade que me parecesse realmente gostosa e apetitosa. Fui enrolando, enrolando enrolando mais um pouco, até esquecer da tal farinha no armário. Um dia meses depois, me deparei com aquele saco de farinha esquecido no canto da prateleira. Paguei tão caro por aquele saquinho que me senti na obrigação de dar fim nele. A solução que encontrei foi a de desapegar da ideia de achar uma boa receita e, tentar algo por conta própria.

Tinha feito um molho de tomate no dia anterior e, claro, guardado um potinho na geladeira ao invés de congelar tudo. Adivinhem? Obrigatoriamente a minha receita teria molho no meio. Tinha que ter. O que fazer? Pizza, claro.

O recheio? Queijo seria fácil batido demais, carnes estavam fora do contexto já que a Veroca participaria da refeição comilança. Escolha unânime: abobrinha. Sim, pizza de abobrinha. Sem preconceitos pessoal! Eu juro que ela é realmente boa. Com um bom molho e um ótimo parmesão ralado, não tem erro.

Utilizei a mesma receita da pizza de atum com mussarela para fazer a massa. Como a farinha é mais leve que a tradicional, tive que que modificar um pouco as medidas. Gostei da experiência! A pizza ficou mais leve que o normal. E com certeza, se um dia eu tiver algum problema entrar em uma dieta louca essa será uma alternativa e tanto!

Quer ver?
Para uma pizza:

Massa

  • 2 e 1/2 xícaras de chá de farinha
  • 1 e 1/2 colher de sopa de azeite
  • 1/2 xícara de chá de água morna
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 e 1/2 colher de chá de fermento biológico seco
  • 1 colher de café de sal

Recheio

  • 1 abobrinha
  • Q/n de molho de tomate
  • Q/n de parmesão ralado (se não tiver, pode substituir pela mussarela)

Esquente a água e adicione o mel com o fermento. Misture bem e deixe descansar por 10 minutos.

Em um bowl (ou batedeira), adicione a farinha sem glúten, o sal e o azeite. Misture. Adicione aos poucos o preparo com fermento e, mexa com a ajuda de uma espátula até a massa tomar forma. Se quiser, trabalhe com as mãos até a massa ficar homogênea e consistente. Cubra a massa com um pano e deixe descansar por 1h em um ambiente quentinho. A massa dobrará de tamanho.

20 minutos antes de abrir a massa, pré aqueça o forno à 180º.
Enfarinhe a superfície e abra a massa com a ajuda de um rolo. Coloque-a na forma (untada com um pouco de azeite) e leve para assar por 10 minutos.

Rapidamente, rale com a ajuda de um mandolim a abobrinha. Ela deve ficar bem fina.

Retire a massa do forno e espalhe o molho de acordo com o seu gosto. Eu gosto de pizza bem molhadinha, então coloquei bastante. Disponha as rodelas de abobrinha em cima do molho. Cubra com parmesão ralado. Leve para assar por mais 10-15 minutos. Para deixar a pizza com um aspecto bonito, ligue o grill por aproximadamente 5 minutos.

Bon Appétit!
Bisous,

Write a comment