panquecas-americanas
Waffle, Crêpes & Panquecas

American breakfast: Panquecas Americanas

A cena acontece na maioria das vezes da seguinte forma: a mãe está no fogão preparando o café da manhã da família. O pai, que já está sentado à mesa, toma um copo de suco de laranja enquanto lê o jornal do dia. O filho, que chega correndo na cozinha, se senta a mesa pedindo o café da manhã. A irmã ou o irmão mais velho senta-se a mesa também e, prontamente começa a comer um bowl de cereal. A mãe, que está na beira do fogão, termina de preparar a comida e gloriosamente transporta um prato em suas mãos contendo: panquecas. Não uma, mas uma pilha delas. Delicadamente, ela deposita o prato sobre a mesa e em seguida despeja uma boa quantidade de maple syrup em cima delas. Todos comem. Fim.

Fim do filme, porque esse era o começo da tortura. Pelo menos a minha. Foi com essa cena que eu morri de desejo anos à fio durante a minha infância e adolescência.

Cereal matinal já foi moda no Brasil, pelo menos na minha época. Em casa, os que mais saiam eram o Honey Nuts #voltakelloggs e o Froot Loops. Então, isso nunca me chamou a atenção. Agora, com as panquecas foi tudo muito diferente. Confesso que sofri. Sofri porque nesse país ninguém tem o hábito de comer uma porção delas no café da manhã e, muito menos de prepara-las em algum momento do dia. A definição de panqueca aqui é completamente diferente da concepção americana. Aqui elas são salgadas, fininhas, recheadas e com algum molho por cima. Viu só, completamente diferente.

Anos atrás, passei novamente pela mesma situação: filme e uma pilha de panquecas fofinhas. Com direito a zoom na tela. Pronto, estava decidido que eu ia matar aquilo que estava me consumindo. Aquele dia fiz uma pesquisa rápida, me enfiei na cozinha e fiz lindas e fofinhas panquequinhas. Me acabei. Detalhe: com direito a VÁRIAS coberturas.

Aí, com o passar do tempo aprimorei aquela receita que era bem meia boca. Um ingrediente novo aqui, um pouco menos daquele ali, inverte a ordem do processo… Voilá! Cheguei a melhor receita de panquecas da face da Terra. Para comer com o que tiver no armário. Pode ser mel, manteiga, geleia, requeijão. O que for está valendo!

Vem comigo que eu sei que você também já passou essa vontade!
Para muitas panquecas:

  • 1 xícara de chá de farinha
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 2 colheres de chá de fermento
  • ½ colher de chá de sal
  • 1 xícara de chá de leite
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 ovo em temperatura ambiente
  • Q//n de óleo vegetal (para fritar)

Derreta a manteiga e reserve. Bata o ovo com o leite. Adicione a manteiga e misture.

Em um bowl, misture a farinha, o açúcar e o sal. Adicione a mistura líquida.

Por último, adicione o fermento e mexa delicadamente. Deixe a massa descansar 5 minutos.

Em uma frigideira quente, adicione uma gotinha de óleo e espalhe bem. Com uma concha pequena, coloque uma porção no centro.

Quando começar a borbulhar, com a ajuda de uma espátula levante levemente a borda para ver se a panqueca está moreninha por baixo. Se estiver, vire para cozinhar do outro lado. Lembre-se que as panquecas devem ficar com uma coloração bonita, ok?

Dica: se você não for servir de imediato, pré-aqueça o forno à 180º quando estiver preparando a massa. Ao longo do preparo, coloque as panquecas que forem ficando prontas em um pirex e deixe-as no forno para continuarem quentinhas.

Bon Appétit!
Bisous,

Write a comment