granola-caseira
Granola

Energia para começar bem o dia: Granola Caseira

Minha mãe sempre nos ensinou que, independente da fome, o café da manhã é uma refeição que nunca deve ser pulada. Um copo de leite, uma fruta, uma fatia de pão. Qualquer coisa está valendo desde que o estômago não comece o dia vazio. Durante a minha adolescência nunca entendi direito, afinal, quando eu levantava da cama já estava na hora do almoço. Mais tarde, com a faculdade, o primeiro estágio e tudo o que veio depois, entendi o que ela queria dizer. Um bom café da manhã dá o boost necessário para começar o dia com disposição. Quando a minha agenda está cheia de trabalho, eu apelo para uma das únicas coisas que eu sei que tem efeito quase que imediato: Granola Caseira.

A granola é uma daquelas coisas que sempre fez parte da nossa vida. Por exemplo, tirando os domingos que minha mãe se permite comer pão, a granola é o seu combustível diário. Eu, por outro lado, tenho fases alternadas: tapioca, ovo mexido, pão na chapa, iogurte, vitamina e assim em diante. Não abro mão da granola quando sei que a minha semana será bem cheia de trabalho, justamente porque sinto que ela é a minha fonte de energia para produzir pela manhã – sim, tenho muito dificuldade em começar a pensar logo cedo. Além disso, pelo seu alto valor calórico, ela sacia a fome e evita aqueles lanchinhos perigosos no meio da manhã.

Como a granola aqui de casa sempre foi preparada por nós, não consigo mais comer a industrializada. Depois de um tempo, você percebe que o gosto é imbatível. Primeiro que ela não leva nenhum tipo de conservante, e só aí você já ganha muito. Segundo, que você sabe direito a procedência dos flocos utilizados e quão frescos eles estão. Terceiro e não menos importante, você decide o que coloca dentro, fazendo com que a granola fique perfeita para o seu paladar e necessidade. Tirando a aveia que é a base, eu sempre escolho coisas diferentes para misturar.

Ah! Tirando o fato de ser uma coisa super fácil de preparar, existe um outro ponto super importante que você deve saber em relação ao preparo: fazer granola significa perfumar a casa inteira com um aroma indescritível. Depois de um tempo assando, o cheiro que sai do forno é enlouquecedor. O cheiro de mel é tão forte e tentador que, até ela esfriar completamente, já comemos uma boa parte da forma. Pura, sem nada.

Tá precisando de energia? Então vem comigo!
Para um pote de granola:

  • 2 xícaras de aveia em flocos grossos
  • ½ xícara de amaranto em flocos
  • ½ xícara de quinoa em flocos
  • ½ xícara de linhaça dourada
  • ½ xícara de castanha de caju crua sem sal
  • ½ xícara de uvas passas
  • ½ xícara de amêndoas cruas laminadas
  • 4 colheres de sopa de mel
  • 3 colheres de sopa de óleo de girassol
  • 1 pitada (generosa) de sal

Pré-aqueça o forno a 180º.
Em um bowl, junte a aveia em flocos, o amaranto, a quinoa, a linhaça dourada e o sal. Misture.

Em seguida, adicione a castanha de caju e mexa.

Adicione o óleo e o mel. Misture muito bem, com uma colher ou com as mãos, fazendo com que todos os cereais fiquem umedecidos com o óleo e o mel.

Espalhe a mistura em uma forma e leve ao forno pré-aquecido. Depois dos 10 primeiros minutos, abra a porta do forno e misture novamente a granola com uma colher. Feche a porta do forno e deixe mais 10 minutos.

Retire a granola e adicione as amêndoas cruas laminadas e as uvas passas. Deixe para colocar a fruta seca no final do cozimento para não deixá-la muito dura depois. Faça o mesmo com as amêndoas porque elas queimam muito rápido.

Volte a forma ao forno e deixe mais 10 minutos. Ao final do cozimento, a granola estará com uma tonalidade dourado escuro. Deixe esfriar para desmanchar/quebrar possíveis grumos.

Dica: guarde a granola em um recipiente bem lacrado e consuma em até 10 dias. Aproveite para comer com iogurte ou frutas.

Bon Appétit!
Bisous,

Write a comment