DSC_10182
Peixe & Frutos do Mar

Parece complicado, mas não é: Pargo Assado com Risoto de Brócolis

É um fato que o final de semana pede uma comidinha um pouco mais elaborada que as preparadas durante a semana. No entanto, “mais elaborada” não significa necessariamente “mais cara” ou “mais difícil”. Do meu ponto de vista, significa apenas “diferente do habitual”. Se você quiser, é claro que pode investir um pouco mais. Senão, com os mesmo ingredientes do dia a dia é completamente possível fazer algo diferenciado. Para provar que para comer bem só é preciso um pouco de criatividade, o prato do dia é: Pargo Assado com Risoto de Brócolis.

DSC_1032

DSC_10222

Já comentei em alguns posts que quando meu pai quer comer algo específico, ele começa a jogar indiretas. Durante a semana passada, eu peguei uma. Ou melhor, pesquei: ele queria comer peixe. Como não fazia peixe há muito tempo, abracei a “sugestão” e lá fui eu me programar para o final de semana. Trabalho no Itaim e, durante a semana, fica complicado ir até o mercadão atrás de peixe fresco. Liguei em todas as peixarias da região e, confesso, fiquei chocada com os preços praticados. Resultado: achei melhor acordar cedo no sábado e ir até o mercadão ao invés de desembolsar o triplo.

DSC_1027

Sábado de manhã madrugada, lá fui eu até o mercadão com a minha sous chef predileta: mamãe. Para nós, fazer esse tipo de programa costuma ser uma diversão. Além disso, esse é um daqueles momentos que aproveitamos para ficarmos juntas. Enquanto o peixeiro limpava os dois pargos que eu comprei, ficamos jogando conversa fora babando tudo o que tinha na peixaria. É impressionante, mas toda vez que vou ao Mercadão eu fico ma-lu-ca, querendo levar absolutamente tudo que vejo na minha frente. No final das contas, acordar cedo acaba não sendo um problema.

Quando optei por fazer peixe, justamente por não ser uma das minhas “especialidades”, procurei uma receita que fosse prática. Há alguns meses, assisti um episódio do Que Marravilha! em que o Claude e seu fiel escudeiro, o Batista, tiveram a missão de preparar um Pargo Assado com Risoto de Brócolis para impressionar um daqueles chatos insuportáveis para comer. Claro que eu fiquei maravilhada com a facilidade do preparo e o resultado final. Resultado: reproduzi a receita em casa, alterando apenas algumas quantidades e a ordem do processo.

peixepargo

O veredito? Vale super a pena. É fácil de fazer, prática (na medida do possível), barata (o pargo não é um peixe caro), leva ingredientes que provavelmente você terá na sua geladeira e, o melhor de tudo, impressiona.

DSC_1034

 

Peixe em mãos, e vem comigo!

Para 4 pessoas:
Para o peixe:

-2 pargos de 1,2kg OU 8 filés/4 postas

-2 ½ xícaras de chá de vinho branco seco

-½ xícara de chá de azeite extra virgem

-Suco de dois limões

-5 folhas de louro

-5 ramos de alecrim

-Sal a gosto

-Pimenta do reino a gosto

 

Para o risoto

-2 xícaras de chá de arroz arbóreo

-1 cebola

-1 xícara de chá de vinho branco seco

-1 brócolis ninja pequeno (o meu tinha 500g)

-1L de caldo de legumes

-2 colheres de sopa de manteiga

-1 xícara de chá de queijo parmesão

-Fio de azeite

-Sal a gosto

Comece pelo peixe. Organize todos os ingredientes para não se perder.

DSC_0921

Peça para o peixeiro limpar e cortar os peixes em filés. Reserve.

DSC_0924

Em uma assadeira ou pirex, faça uma camada com metade do azeite e tempere com sal e pimenta do reine. Posicione os filés com a pele virada para cima. Depois, tempere a parte da pele com sal, pimenta do reino, o suco dos dois limões, o vinho branco e a outra metade do azeite. Desfolhe dois raminhos de alecrim sobre os filés e espalhe os outros três inteiros. Cubra com papel alumínio e reserve.

DSC_0932

DSC_0937

Passe para o risoto. Novamente, faça o mise en place para não se perder ao longo do processo.

DSC_0946

Pique a cebola em cubinhos. Reserve.

DSC_0949

Lave o brócolis, separe os ramos e pique bem miudinho. Não se prenda a preciosismos, ok? Pique batido com a faca. Reserve.

DSC_0954

DSC_0961

Coloque o caldo de legumes para esquentar em fogo baixo.

Em uma panela, pegue duas colheres da cebola picada e refogue o brócolis picado com um fio de azeite. Não refogue muito para não ficar mole, seja rápida! Reserve.

DSC_0974

Nesse meio tempo, deixe o risoto um pouco de lado e coloque o peixe para assar em fogo pré-aquecido a 180ºC por 15 – 20 minutos.

Em uma panela funda, derreta uma colher de manteiga e refogue a cebola picada até ela ficar translúcida (murchar).

DSC_0979

Adicione o arroz arbóreo e refogue – sempre mexendo – por uns 3 minutos. Em seguida, adicione o vinho branco seco e mexa até evaporar.

DSC_0983

DSC_0987

De duas em duas conchas, vá adicionando o caldo de legumes no arroz. Lembre-se de mexer bastante para soltar o amido e deixar o risoto bem cremoso. Quando o caldo secar, adicione mais caldo e continue repetindo esse processo até o arroz ficar al dente.

DSC_0992

Lembre-se de olhar o peixe se o processo do risoto demorar mais que 15 minutos! Para saber se o peixe está bom, basta espetar um garfo em um dos filés por baixo da pele. Se ele entrar com facilidade e você sentir a carne macia, desligue o forno. ANTES DE SERVIR, ligue o grill, retire o papel alumínio e deixe a pele secar por 5/7 minutos.

Com o arroz já pronto, adicione o brócolis reservado e misture bem. Em seguida, adicione o queijo ralado e finalize com o restante da manteiga.

DSC_0998

DSC_1001

DSC_1005

Sirva o peixe sobre o risoto, e regue com o caldo.

Bon Appétit!
Bisous,

Write a comment