DSC_0182
Docinhos

Resquícios de São João: Canjica com Açúcar Queimado e Coco Ralado

DSC_0163

Peço desculpas pelo leve atraso no calendário, mas eu optei por me esbaldar nas festas juninas para só depois postar algumas receitas típicas dessas época. Antes que você fique chateado, ainda temos um mês inteiro pela frente para fazer uma farra tardia e curtir todas as festas julinas. Para iniciar as receitas de uma das épocas do ano que eu mais amo, decidi começar por uma receita que a minha avó fazia: Canjica com Açúcar Queimado e Coco Ralado.

Quando o mês de junho se inicia, minha mãe e eu ficamos saudosas. Quando chegava essa época, a casa da minha avó ficava cheirando aos mais deliciosos quitutes juninos que vocês possam imaginar. Todo dia era dia de comemorar a época de São João e, quem ganhava com isso, claro que éramos nós. Bolo de milho, pamonha, curau, canjica, arroz doce, queijadinha, carne louca, broa de fubá, bolo de fubá, pé de moleque. A lista é interminável! Definitivamente, a cozinha da Dona Julia ficava ainda mais perfumada na época das bandeirinhas.

DSC_0166

Dos quitutes típicos de festa junina, a canjica sempre foi um dos meus prediletos. Morna, com coco ralado, cravo e canela, e açúcar queimado. Nunca fui fã da canjica branquela que as pessoas gostam. Acho extremamente sem graça (sorry pela sinceridade)! Canjica só com leite condensado e leite de coco, não me agrada. Parece que falta algo! Por sorte, com a minha avó também era assim.

Foi ela quem me ensinou que para dar aquele toque especial à canjica, é necessário queimar o açúcar na panela antes. Além de dar mais sabor, a cor fica muito mais apetitosa. Vai por mim, fica incomparável àquela canjica pálida que a maioria dos lugares oferece! O coco, além de ser um reforço ao leite de coco, também dá uma textura interessante à canjica que é naturalmente molinha. Claro que se você não for fã, ele pode ser dispensado.

DSC_0179

Separe a canjica, e vem comigo!

Para uma porção:

  • 500g de canjica
  • 2L de água + água para deixar de molho
  • 6 cravos
  • 3 paus de canela
  • 1 ⅓ xícara de chá de açúcar
  • 1L de leite integral
  • 1 caixa de leite condensado (395g)
  • 1 vidro de leite de coco (200 ml)
  • 50g de coco ralado
  • 1 pitada de sal

Deixe a canjica de molho, da noite para o dia, para soltar um pouco o amido e as impurezas. Na hora do preparo, em uma panela de pressão, coloque a canjica na panela e cubra com 2L de água – uma nova, não a utilizada para deixar de molho. Inclua 6 cravos e 3 paus de canela e leve ao fogo alto. Depois de pegar pressão, abaixe o fogo e cozinhe por aproximadamente 25 minutos. Em seguida, desligue e espere sair a pressão.

DSC_0128

DSC_0132

Enquanto a canjica cozinha, comece a queimar o açúcar. Em uma panela, queime o açúcar até ele dourar e virar um caramelo. Tome cuidado para ele não ficar muito escuro e amargar.

DSC_0137

DSC_0138

DSC_0142

DSC_0144

Quando ele estiver no ponto, acrescente o leite. Nessa hora, o caramelo vai endurecer e você vais e desesperar. Continue mexendo até o caramelo soltar e derreter completamente. Esse processo demora um pouco.

DSC_0149

Quando a canjica estiver pronta, abra a panela e com a ajuda de uma escumadeira, coloque a canjica cozida no leite com o açúcar queimado. O amido vai soltar e, se possível, tente colocar pouco dele na panela para depois não engrossar demais. Não deixe os cravos e os paus de canela de fora!Em seguida, adicione o leite condensado e afervente a canjica.

DSC_0153

DSC_0156

Desligue e acrescente o leite de coco. Mexa muito bem. Adicione uma pitada de sal e por último o coco ralado.

DSC_0158

DSC_0162

Dica: guarde na geladeira para não azedar. Antes de comer, retire antes ou então esquente no microondas 30 segundos para tirar o gelo.

Bon Appétit!

Bisous,

Mariana Muller

Write a comment