dsc_0224
Entradas & Petiscos, Peixe & Frutos do Mar

Três anos de blog: Vieiras com Creme de Guacamole e Farofa de Pão

dsc_0228

Mês passado o blog completou três anos! Três anos de aprendizados, descobertas e uma terapia muito intensa. Foram 1095 dias fazendo experiências, errando e acertando constantemente. O blog passou por períodos maravilhosos, turbulências e quase desistências. Ou seja, nem sempre foi fácil. Longe disso! Mas, sempre foi – e continua sendo – extremamente prazeroso. E, para comemorar uma data tão importante na minha vida, eu decidi preparar algo especial. Um prato que tem cara de comemoração: Vieiras com Creme de Guacamole e Farofa de Pão.

dsc_0226

Aqui em casa temos um “ritual” de aniversário. Quem faz anos, escolhe o seu prato preferido para comemorar com a família. Desde pequenos, a minha mãe sempre fez questão de fazer isso para marcar o dia. E, quem determinava o cardápio, era sempre o aniversariante. Como o blog é meu, teoricamente quem escolhe o prato, sou eu. Para celebrar a data e marcar tudo o que blog representou para mim nos últimos anos, eu escolhi vieiras para preparar. Afinal de contas, vieiras têm cara (e gosto) de celebração.

O prato de hoje, foi descoberto em um jantar que fiz com a minha mãe fiel escudeira para fecharmos com chave de ouro as nossas férias. Minha mãe e eu estávamos no Porto, em Portugal, e na nossa última noite no país saímos para brindar os dias maravilhosos que passamos na Terrinha. Escolhemos ir ao Cantinho do Avillez para bebericar e petiscar. Entre as entradas que pedimos, a última foi essa. O sabor do prato somado à atmosfera maravilhosa que estávamos vivendo, fizeram deste uma das melhores coisas que eu já provei. Voltei para o Brasil prometendo que eu reproduziria este prato na minha cozinha. Com ou sem receita.

dsc_0230

Óbvio que eu nunca consegui achar essa receita. Mas, nada que um paladar treinado e muita vontade de comer não consiga descobrir. Puxei na minha memória todos os sabores daquele dia. Avocado, cebola roxa, pimenta, limão siciliano. Aquele creme nada mais era do que uma guacamole batida sem tomate e sem coentro. Ou seja, moleza. A farofa de pão era de pão Alentejano. E aí foi um problema. AONDE que em São Paulo eu iria encontrar pão Alentejano? Nenhum lugar, claro. Mas, para a minha sorte, abriu uma Padaria da Esquina na cidade com um menu típico português maravilhoso e delicioso. Resumo da ópera: a farofa de pão virou uma realidade possível. Comprei um pão, torrei algumas fatias e voilá!

dsc_02392

Quanto as vieiras, eu comprei as canadenses que são bem gordinhas e maiores que as chilenas e as brasileiras – sim, hoje é possível encontrar cultivo de vieiras no litoral paulista. Apesar de virem congeladas, escolhi as canadenses por serem maiores. Para quem nunca comeu e preparou vieiras, este é um molusco que está em outro patamar. O sabor é extremamente delicado e adocicado, diferente dos sabores mais comuns (por exemplo, da lula e do camarão). Além disso, o preparo é difícil. A vieira não tolera calor, então o chapeado ou gratinado, tem que ser rápido e de forma muito MUITO cuidadosa. Um minutinho a mais e você estraga a iguaria. Para a saúde do seu bolso, não faça isso. Como esse prato é cru, as chances de você estragar alguma coisa são bem baixas. E, consequentemente, a possibilidade de um resultado incrível, muito maior!

dsc_0241

Um brinde ao Arroz, Feijão & Caviar! Vem comigo comemorar!

Para uma pessoa:

  • 3 vieiras
  • Raspas de um limão siciliano
  • Suco de um limão siciliano (separado em duas partes)
  • 1 avocado
  • ¼ pimenta Dedo de Moça pequena
  • 2 colheres de chá de creme de leite
  • 1 colher de sopa de cebola roxa
  • 4 fatias pequenas de pão Alentejano (se não encontrar, use 2 torradas)
  • Q/N de azeite extra virgem
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • Brotos de beterraba (opcional, utilizado apenas para finalizar)

 

Na noite anterior ao preparo, prepare as vieiras (eu fiz como entrada para um almoço). Como as vieiras são congeladas, elas precisam passar pelo processo de descongelamento para não estragar o prato. Em um prato raso, faça uma camada com duas folhas de papel toalha, espalhe as vieiras, cubra com papel filme e deixe descongelar na última prateleira da geladeira (parte de baixo). No dia seguinte, você verá que as vieiras descongelaram e o papel toalha estará bem pesado. Jogue fora o papel toalha, faça uma nova camada com duas folhas, espalhe as vieiras novamente e cubra com mais duas folhas de papel toalha. Deixe na geladeira até a hora do uso. Caso a vieira não tenha descongelado completamente, lave-a em água corrente e segue muito bem pressionando-a delicadamente com papel toalha.

dsc_0164

dsc_0167

dsc_0168

dsc_0169

Em forno pré-aquecido a 205º, asse as fatias de pão até elas assarem e secarem. Fique atento para não queimar, ok? No meu forno, as fatias demoraram aproximadamente 30 minutos para virarem torradas. No entanto, vale lembrar que o tempo muda de forno para forno. Quando o pão estiver torrado, rale as fatias na parte grossa do ralador. Em seguida, em uma tigela, misture a farofa com um fio de azeite. Guarde na geladeira até a hora do uso. Caso você opte por torradas prontas, quebre as torradas grosseiramente ou passe-as por um mixer rapidamente, depois siga com o processo explicado acima.

dsc_0180

dsc_0195

dsc_0219

dsc_0220

Pique apenas metade de uma cebola roxa em brunoise (cubinhos). Quanto menor o corte, melhor será o resultado, ok? Separe uma colher de sopa do que você picou.

dsc_0179

Com a ajuda de um ralador, raspe o limão siciliano para obter as raspas. Separe. Corte o limão ao meio e esprema uma metade. Reserve o suco.

dsc_0184

Corte a pimenta Dedo de Moça pela metade, descarte o miolo e as sementes. Corte bem miudinho metade de uma metade. Reserve.

dsc_0949

Abra o avocado pela metade, descarte o caroço e retire toda a polpa. Corte a polpa grosseiramente.

dsc_0199

dsc_0202

Coloque o avocado picado, a cebola roxa picada e a pimenta picada no mixer com metade do suco de limão. Bata com um mixer até virar uma pasta cremosa. ATENÇÃO! Se o seu limão tiver muito suco, aconselho colocar metade do suco de limão. Se você sentir necessidade, acrescente a outra metade depois, ok?

dsc_0206

Em seguida, adicione o creme de leite. Bata novamente e acerte o sal em seguida. Deixe o creme de guacamole na geladeira.

dsc_0207

Passe para as vieiras. Em um bowl, misture as vieiras com as raspas de limão, metade do suco de limão, sal a gosto (pouco!), e um fio de azeite. Deixe as vieiras marinando na geladeira por 5 minutos. Como a carne da vieira é muito delicada, não podemos deixar as vieiras muito tempo para elas não cozinharem demais. Passado o tempo, retire as vieiras da geladeira e corte em três partes na horizontal.

dsc_0210

dsc_0222

Para montar o prato, faça uma cama de creme de guacamole, ponha as vieiras por cima, cubra com a farofa de pão e finalize com os brotos de beterraba.

Dica: para acompanhar, você pode optar por um sakê bem gelado ou vinho branco com notas cítricas.Ah! Coma com uma colher, certificando-se de pegar todas as camadas. Isso faz toda a diferença!

Bon Appétit!

Bisous,

Mariana Muller

Write a comment